AS ORIGENS JUDAICAS DE UM POVO BRASILEIRO

March 8, 2019

Naquele tempo a intolerância religiosa fez milhares de vítimas que devido as perseguições sentiam perigar a própria vida.

Também os judeus procuravam possibilidade de uma tranquila morada que na pátria lhes era cerceada ou negada por completo.

No panorama mundial, uma quantidade enorme de famílias originara-se de judeus cujas raízes foram se perdendo nas assimilações ocorridas após as conversões impostas pelo Clero.

A essa classe de judeus convertidos e assimiladosque se formava pela força do Cristianismo desde 1497chamou-se de cristãos novos e marranos. Posteriormente, mesmo estes conversos, acabaram sendo perseguidos, exilados ou mortos.

Não tinha saída, até aqueles judeus que não foram imediatamente expulsos de suas casas por aceitarem as conversões impostas, acabaram ganhando o exílio.

Em meio ao caos dessa mistura étnica provocada pelas perseguições a semente judaica germinou na própria Casa dos Bragança, casta dos Reis de Portugal.

Segundo o historiador Paulo Valadares, foi a filha de um judeu espanhol convertido que deu origem a dinastia portuguesa dos Bragança. Constata o pesquisador:

“A filha de um judeu espanhol convertido conhecido por Mem ou Pero Esteves, sapateiro, também conhecido pela alcunha de “Barbadão de Veiros”, teria vivido na cidade da Guarda, que fora apelidada de “A Formosa Judia”, cujo nome verdadeiro era Inês Fernandes Esteves, teve dois filhos com um bastardo real, que seria o rei de Portugal com o nome de D. João I. Um deles, D. Afonso (1377-1461), foi sagrado 1º Duque de Bragança, e de sua semente sairiam os futuros reis de Portugal e imperadores do Brasil”.

Com o descobrimento, o território que viria a ser o Brasil se transformava na nova esperança de liberdade para os povos reprimidos, pois com a necessidade de povoar o continente, a corte de Portugal enviou, junto com Pedro Alvares Cabral, na frota do descobrimento, uma quantidade de prisioneiros condenados por heresia para serem livres no Novo Mundo.

Nascia daí um novo continente com a estampa da liberdade, renovando em todos os oprimidos do Velho Mundo a esperança de uma vida pacífica que lhes fora tirada na Europa.

Foi essa esperança a força motriz das primeiras imigrações estrangeiras que, posteriormente, assimiladas com o povo nativo que se encontrava no Novo Mundo, deu origem a uma nova raça distinta, o povo Brasileiro.

 

Please reload

Compartilhe
Tag Cloud

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload